O Secretario Geral da UNTG assegurou hoje que as reivindicaçoes só vao terminar quando o Governo proceder o reajuste salarial na funçao publica.

Júlio Mendonça falava esta manha depois de uma manifestaçao pacífica que iniciou na chapa de Bissau e culminou com um comicio na  sede da UNTG:

O sindicalista desafia todos aqueles que lhe acusam de estar ao serviço de um partido politico, que apresentam provas:

O Movimento dos Cidadãos Conscientes inconformado juntou-se à manifestaçao e,  Sumaila Djalo, o porta-voz do movimento falou em nome do colectivo.

De salientar que o maior central sindical do país já entregou mais um pré-aviso da greve ao patronato que vais iniciar no próximo dia 24 de Julho ate dia 03 de Agosto.

No entanto, o Governo e a UNTG agendaram para a próxima semana mais um novo encontro para ultimar os trabalhos de reajuste salarial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *